Especialidade da Medicina Dentária dirigida ao acompanhamento e tratamento de crianças desde o 1º ano de idade. As crianças estão em constante evolução e crescimento necessitando para isso de uma consulta diferente da consulta do adulto.

Objetivos principais

Desencadear uma atitude positiva e motivadora quer na crianças quer nos responsáveis de forma a prevenir desde cedo problemas dentários.

Tratamento precoce de cárie evitando ao máximo a dor dentária.
Restabelecer as condições normais para um ótimo crescimento, desenvolvimento e funcionamento

A medicina dentária tem evoluído bastante nos últimos anos permitindo uma abordagem mais agradável para as crianças eliminando todos os fatores de stresse durante a consulta.

Os cuidados com a saúde oral devem ter inicio ainda durante a gravidez para que os pais estejam instruídos relativamente aos cuidados de higiene e alimentares. A higiene oral deve ser iniciada antes do nascimento dos primeiros dentes com uma gaze humedecida em água de forma a eliminar os restos de leite bem como bactérias.

A primeira consulta deve ser realizada ate ao primeiro ano de idade com o intuito de observar o estado de saúde oral da criança bem como informar os pais sobre atitudes preventivas, detetar hábitos nocivos e elaborar um programa de consultas adequado à necessidade de cada criança.

Dentição decídua

Os primeiros dentes de leite erupcionam entre os 6-8 meses de idade e até aos 2-3 anos devem nascer os 20 dentes de leite. Há variações cronológicas individuais consideradas normais, no entanto, se até ao 1º ano de IADE não nascer nenhum dente a criança deve ser observada por um Odontopediatra. Normalmente a erupção dos primeiros dentes causa algum incómodo e aumento da salivação.

O bom estado da dentição decídua é fundamental para manter o desenvolvimento normal da criança a nível estético, mastigatório, manutenção de espaço para o nascimento dos dentes definitivos, estimulação do crescimento dos maxilares, fala, deglutição e respiração.

Dentição definitiva

A mudança de dentes normalmente ocorre em duas fases: entre os 6-8 e entre os 10-12 anos de idade. A dentição definitiva é constituída por 32 dentes (caso erupcionem os dentes do siso).